Como se planejar para as mídias sociais
Não me lembro de onde tirei essa foto, então se for sua me avise para eu dar os créditos

No segundo post da série de cinco posts sobre Mídias Sociais, Algoritmos e Curadoria, eu expliquei um pouco sobre os algoritmos das redes sociais e sobre a curadoria de conteúdo para as redes sociais, hoje vou explicar um pouquinho sobre o planejamento do que postar nas Mídias Sociais e sobre o comportamento do leitor nas mesmas. 
O primeiro ponto que eu aprendi no curso e gostaria repassar para vocês é o seguinte, se vocês pudessem falar alguma coisa para o leitor de vocês todos os dias, o que vocês diriam? É isso que vocês devem pensar quando forem planejar o conteúdo das redes sociais de vocês. Você precisa pensar no que é importante para o seu público e assim decidir metas e objetivos. Afinal, qual a diferença entre metas e objetivos?  Enquanto os objetivos são mais amplos, as metas são mais específicas e várias metas cumpridas são um objetivo. 
Você precisa pensar em quatro aspectos: quais são suas forças, fraquezas, oportunidades e ameaças - para que assim você tenha um panorama geral da sua situação nas Mídias Sociais e assim será mais fácil resolver suas fraquezas. O que é muito mais fácil na teoria e difícil na prática é manter as metas e objetivos, principalmente as metas, bastante palpáveis, com os dois pés nos chão. Por exemplo: não adianta sua meta ser ter mil novos seguidores no Instagram, se atualmente você não consegue nem 100. Comece por números menores e assim vá aumentando-os. 
Pense na voz que você quer ter com o seu público. Como ela vai responder seu público e qual será o perfil dela. Lembram quando a Netflix respondeu em alto e bom tom que era uma menina? Quando ela se mostra jovial, divertida e antenada - isso demonstra que esse é o perfil dela. Outras empresas ativas nas mídias sociais tem um perfil diferente, mais sério - e isso não importa desde que combine com a empresa em si. É importante que a empresa tenha uma pessoa-marca, o que é basicamente o motivo de tantas empresas estarem fazendo pareceria com blogueiras. Serem associadas a uma pessoa, se ela for influente melhor, é um grande passo para o sucesso.
Você precisa ter bem definido em como você vai interagir com seu leitor - o qual tem basicamente três desejos que mudam ao longo do dia: informação, entretenimento e diversão. Você precisa saber em qual dessas categorias seu conteúdo se encaixa e que horas o seu leitor quer consumir seu conteúdo. Antigamente as pessoas iam atrás do conteúdo quando compravam jornais e revistas, hoje em dia a lógica mudou: o conteúdo vai atrás das pessoas. Por exemplo, se você está lendo este post, é porque ele provavelmente apareceu na sua timeline e não porque você veio atrás do meu blog. O celular transformou o consumo de conteúdo em algo muito mais acessível e frequente. Precisamos pensar nisso na hora de criar conteúdo para nossas mídias sociais.

Deixem o feedback para eu saber o que estão achando dos posts e, lembrem-se, qualquer dúvida é só me perguntar :) 
Beijos
S.S Sarfati

2 COMENTÁRIOS ❤

  1. Olá, Sofia! Gostei muito do post, foi o melhor da série. Ansiosa para ler o próximo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fico muito feliz que tenha gostado <3 Dia 15/6 tem outro!
      Beijos

      Excluir