Quantic Love Tumblr Resenha

Eu fiquei sabendo da existência de Quantic Love assim que ele foi lançado em 2013 e de cara gostei da proposta do livro, mas não comprei por algum motivo e em 2016 que eu adquiri o ebook e foi só este ano que eu comecei o tal no caminho para a faculdade. Apesar de ser mais um dos milhares de young adults (gênero para designar os livros para a faixa etária de 16-24 anos, mais ou menos) que já existem por aí, o que me chamou atenção para ele foi não apenas a autora, Sonia Fernadez-Vidal, é uma doutora em física espanhola com experiência real nos maiores laboratórios do mundo como o de Los Alamos e o CERN - onde se passa o livro, mas a proposta original de trazer ao conhecimento popular mais sobre o universo da ciência.
Laila terminou o Ensino Médio e está meio confusa com o que fazer da vida - quem não ficou? - então decide arrumar um emprego de verão afim de pensar melhor no seu futuro e acontece que o emprego que ela consegue fica no maior laboratório científico do mundo: o CERN! Foi lá que em 2010 aconteceu a primeira colisão de prótons para que os cientistas pudessem descobrir um pouco mais sobre o surgimento do universo e então a mídia começou a falar sobre a possibilidade do fim do mundo - o que obviamente não aconteceu já que estamos em 2017. E uma vez no CERN, Laila conhece muitas particularidades das pessoas ligadas a ciência e no meio dessas pessoa, evidentemente está um rapaz quem ela desenvolve um crush
Eu achei o livro bem escrito, não apenas considerando que a autora não tem nenhuma formação literária, mas de maneira geral. É um livro o qual você se apega, contudo os personagens não são muito bem desenvolvidos, eles são bem rasos. O livro todo se passa em um triângulo amoroso entre Laila, o cientista americano Brian e o jornalista bonitão Alessio. Pessoalmente não gosto de triângulos amorosos, acho eles desgastantes e o casal para quem eu torço nunca fica junto - em Quantic Love não foi diferente #chateada. 
O final foi bem atropelado e mal desenvolvido. Parece que ela tinha um limite de páginas para escrever e quando viu que estava chegando lá ela ignorou a parte em que o livro estava e pulou logo para o final. Com relativamente poucas páginas a mais o livro teria sido muito melhor desenvolvido e então não traria tanto esse sentimento de "enrolação" que deixou no leitor, ainda sim se tornou um dos meus livros favoritos. Não sei se é porque eu gosto de ficção científica e por isso acabo gostando um pouquinho de ciência (bem pouquinho mesmo) que acabei gostando do livro. Vale a pena ler o livro desde que você não gaste mais de R$ 20 no exemplar. 

O que achou da resenha? 
Me siga no Skoob para trocarmos dicas literarias

Beijos 
S.S Sarfati

4 COMENTÁRIOS ❤

  1. Socorro, não sei se fiquei com vontade de ler ou não hahahah. Mas gosto de YA, então, apesar desses defeitinhos que você citou, talvez eu dê uma chance. Achei muito legal que a autora tentou passar alguns conhecimentos de ciência pra galera que não entende muito do assunto.
    Beijos!

    claramenteinsana.com

    ResponderExcluir
  2. hahaha Eu já quero indicar pra minha filha (ela tem 15 anos) e AMA ler. É uma devoradora de livros...
    Com certeza ela vai se empolgar e apesar de ser totalmente de humanas, talvez se empolgue um pouco com ciencia tb!

    beijocas!
    www.deusaconstanzi.com.br

    ResponderExcluir
  3. Tava querendo ler ele mas fiquei com um pé atrás hahahahaha, mas sou bem curiosa nesse livro, acho que vou arriscar.

    SHAUNNE

    ResponderExcluir
  4. Vim ver a resenha só pela capa! A capa ficou top! Convence qualquer um! kkk Que pena que não é tão bom assim!
    bj
    www.omundodatutty.com

    ResponderExcluir